10 de Janeiro 2022 - Publicado há 9 dias, 9 horas e 59 minutos
Apresentado Plano Estratégico da Vitivinicultura dos Açores 2022-2031
location Praia da Vitória

Secretaria Regional da Agricultura e do Desenvolvimento Rural

O Secretário Regional da Agricultura e do Desenvolvimento Rural, António Ventura, disse hoje que o Plano Estratégico para a Vitivinicultura dos Açores constitui uma importante fonte de informação e de propostas, que vão, certamente, ajudar na definição das políticas que para o setor vitivinícola venham a ser estabelecidas na próxima década.

António Ventura presidiu hoje à apresentação do Plano Estratégico para a Vitivinicultura dos Açores, que teve lugar na Adega Cooperativa dos Biscoitos, na ilha Terceira.

“O Plano, a partir de hoje, entra numa fase de audição pública, criando-se uma oportunidade para que o público interessado possa fazer chegar os seus contributos e assim enriquecer ainda mais a participação de que este documento já foi alvo até este momento”, referiu.

Recorde-se que este documento recebeu contributos de meia centena de personalidades, muitas delas com créditos firmados e competências reconhecidas, no âmbito quer da viticultura, quer da Enologia, ao nível regional, nacional e até internacional.

Para além do diagnóstico que é feito no documento quanto ao “estado da arte” da vitivinicultura nos Açores, o Plano contempla 18 medidas e 58 ações a realizar na próxima década.

“É, portanto, um Plano com visão de médio prazo e que acautela o que de fundamental deverá ser desenvolvido, fomentado e apoiado, nos próximos anos, no setor vitivinícola regional”, sublinhou António Ventura.

O documento, transversal e global para toda a Região, prevê ainda um conjunto de ações a desenvolver, de modo específico em cada uma das ilhas, mas recomenda que nos próximos tempos se estabeleçam e implementem Planos por ilha, de acordo com as especificidades de cada uma das nossas ilhas.

O responsável pela pasta da agricultura frisou que o plano destaca, como de grande importância, “a criação do Instituto da Vinha e do Vinho Dos Açores, organismo que irá fazer o devido acompanhamento, controlo e fomento do setor vitivinícola regional, bem como ajudar na definição das políticas do setor e sua execução”.

“Neste Plano também se sugerem mais duas medidas importantes, designadamente, a implementação do ‘Livro Branco’ sobre o ENOTURISMO na Região Autónoma dos Açores”, destacou o Secretário Regional, “uma área com fortíssimo potencial na nossa Região e que muito poderá contribuir para o sucesso do setor vitivinícola regional e para a nossa economia e ainda a criação da “Rota dos vinhos dos Açores”.

O Plano prevê ainda a criação do Observatório da Vinha e do Vinho dos Açores, que poderá desenvolver, no âmbito da sua missão, tarefas como a elaboração de relatórios acerca da execução do Plano Estratégico; de acompanhamento do programa VITIS e sobre a sustentabilidade do setor vitivinícola regional, assim como avaliar o impacto socioeconómico da produção proveniente de Produtores Diretos e Híbridos Produtores Diretos nos Açores.

“Poderá ainda fazer sugestões quanto à experimentação, vulgarização e formação profissional; quanto à promoção e comercialização dos produtos vitivinícolas regionais e na divulgação do Enoturismo regional”, destacou ainda o governante.

© Governo dos Açores | Fotos: SRADR

Partilhar