Agenda do Governo De momento não há eventos a reportar. Pode consultar mais itens, clicando abaixo.
Últimas Notas
Artigo sem Imagem
Nota de Imprensa
24 de Fevereiro 2024
Açores batem todos os recordes no setor do turismo
Em 2023, os Açores bateram todos os recordes no setor do turismo, com os alojamentos turísticos a registarem cerca de 3,8 milhões de dormidas e de 1,2 milhões de hóspedes. Os últimos dados divulgados pelo Serviço Regional de Estatística (SREA) indicam que, no último ano, “o total de dormidas foi de 3,8 milhões, representando um acréscimo face ao ano anterior de 15,1%. Relativamente aos hóspedes, o número total foi de 1,2 milhões, valor superior em 14,8% relativamente ao ano 2022. Neste ano, a estada média situou-se nos 3,18 dias”. Segundo o SREA, estes são os valores mais elevado desde que há registos (2001). Já em 2022, o número total de dormidas tinha superado o valor mais elevado até então, verificado em 2019, antes da pandemia de covid-19, que afetou o setor nos dois anos seguintes. A subida registada em 2023 foi superior à verificada no país, que apresentou um “acréscimo face ao ano anterior de 10,7%”. Refira-se, ainda, que se gerou um valor recorde de 157,8 milhões de euros em proveitos nos estabelecimentos hoteleiros, marcando 2023 como o primeiro ano de sempre a superar os 150 milhões de euros de proveitos totais na hotelaria dos Açores. O último ano foi, para o turismo açoriano, não apenas o ano de todos os recordes, como também aquele em a Região recebeu alguns dos mais importantes prémios mundiais do setor - a começar pelo galardão de “Melhor Destino Mundial de Turismo de Aventura”, atribuído pela World Travel Awards. Os Açores são a primeira região arquipelágica do mundo com certificação de “Destino Turístico Sustentável” e, em 2023, garantiram o “Nível IV de Prata”, que reforça a liderança em matéria de sustentabilidade turística, visando atingir o “Nível Ouro” em 2024. Esta evolução na certificação surge “porque a Região respondeu aos critérios do ‘Global Sustainable Tourism Council’, organismo internacional de acreditação para a certificação de turismo sustentável”. Os auditores independentes da ‘EarthCheck’ avaliaram várias infraestruturas em diferentes ilhas dos Açores e o resultado foi “subir mais um patamar no processo de certificação”. O normativo adotado pela ‘EarthCheck’ estipula um processo de certificação evolutivo que impõe a conquista progressiva de quatro patamares (prata, ouro, platina e ‘master’). Também a prestigiada National Geographic destacou os Açores na categoria “Natureza”, revelando tratar-se de uma “terra nascida do fogo, mas agora envolta em verde”, salientando que “os Açores trabalham para garantir o seu futuro”. Esta revista tinha destacado os Açores com um dos destinos de eleição para 2023, no final de 2022. Paralelamente a estas conquistas, o Projeto “Rotas Açores – Itinerários Culturais e Paisagísticos venceu o Prémio Nacional do Turismo na categoria “Turismo Autêntico”, iniciativa do Expresso e BPI, enquanto a Madalena do Pico foi distinguida como uma das “Best TourismVillages”, pela Organização Mundial de Turismo. Recentemente, já em 2024, a Região Autónoma dos Açores renovou o galardão Quality Coast, prémio internacional atribuído pela Green Destinations que distingue a qualidade ambiental costeira para um turismo sustentável. O desempenho turístico da Região e os vários galardões e prémios internacionais demonstram a evolução positiva do turismo dos Açores, os elevados níveis de qualidade oferecidos no destino e o reconhecimento internacional que a região conquistou num dos mais competitivos setores da economia mundial. Recorde-se que os Açores são o destino nacional convidado da edição deste ano da BTL, que decorre em Lisboa na próxima semana.
more
Declarações
Nota de Imprensa
23 de Fevereiro 2024
Governo dos Açores felicita atleta açoriana Ana Filipe por mais três medalhas de ouro
Ana Margarida Filipe, atleta do ACM Clube, acrescenta três títulos mundiais ao seu currículo e traz mais três medalhas de ouro para os Açores, desta vez no Campeonato do Mundo e da Europa de Pista Coberta Virtus 2024. A atleta concorreu nas categorias de triplo salto, salto em comprimento e 60 metros barreiras, e alcançou o ouro em todas estas categorias. Os resultados mostram 11,51 metros no triplo salto e um novo recorde nacional nos 60 metros barreiras, com 9,84 segundos. É no salto em comprimento, em que alcançou a marca de 5,47 metros, que está o foco da atleta e da sua treinadora, pois esta é que é a modalidade principal em termos do objetivo imediato - garantir a convocatória para a Seleção Nacional dos Jogos Paralímpicos. A atleta terceirense dá crédito por estes resultados ao facto de estar num momento de grande forma, não só física como mental, além da habitual receita de “trabalho e muito trabalho”. "Está é mais uma vitória comum sabor muito especial, uma vez que a Ana Filipe é uma atleta da Região, é uma das nossas atletas de Alto Rendimento, é a nossa 'Guida', e já nos habituou a resultados extraordinários que são fruto do seu trabalho e do da sua treinadora Ana Paula Costa”, sublinha por seu turno a Secretária Regional com a tutela do desporto, Mónica Seidi. E concretiza: “são atletas como a 'Guida', como a Ana Margarida, que nos dão o alento para que continuemos, como sempre, a apostar forte no desporto, em todas as suas vertentes”.
more
Artigo sem Imagem
Nota de Imprensa
23 de Fevereiro 2024
Açores registam 4.953 desempregados inscritos em janeiro
O Governo dos Açores, através da Secretaria Regional da Juventude, Qualificação Profissional e Emprego, informa que os Açores registaram 4.953 desempregados inscritos no Centro de Qualificação e Emprego da Região, no final do mês de janeiro, constatando-se uma descida de 12,88% em relação ao mês homólogo. De acordo com os dados agora divulgados, em janeiro último foram satisfeitas mais 114 ofertas de emprego, que se refletiram na colocação de 118 açorianos no mercado de trabalho.   Dos desempregados que se encontravam à procura de novo emprego, 76,32% enquadravam-se no setor de serviços e correspondiam a 89,68% da totalidade dos desempregados inscritos. Relativamente à distribuição por ilha, São Miguel regista 62,57% dos desempregados na Região, a ilha Terceira, 15,79%, Pico, 5,96%, Faial, 4,06%, São Jorge, 2,50%, Graciosa, 2,12%, Flores, 1,98%, Santa Maria, 4,99 % e Corvo 0,04%. Quanto aos concelhos, Ponta Delgada, Ribeira Grande e Angra do Heroísmo representavam 57,72% da totalidade dos desempregados registados nos Açores. No que concerne aos programas de inserção socioprofissional existiam, em janeiro de 2024, 1898 ocupados na Região, sendo 1019 homens e 879 mulheres.   Relativamente às medidas de promoção de emprego jovem, foram observados 1606 jovens a desenvolver projetos em contexto real de trabalho, com destaque para o Estagiar L e T, e 295 açorianos em formação. As publicações estatísticas relativas ao emprego na região podem ser consultadas no Portal do Governo dos Açores, através do endereço eletrónico: https://portal.azores.gov.pt/web/drqpe/estatistica.
more
Lagoa das Sete Cidades
Nota de Imprensa
23 de Fevereiro 2024
Açores são destino nacional convidado da BTL, que decorre entre 28 de fevereiro e 3 de março
Os Açores são o destino nacional convidado da próxima edição da BTL, que decorre de 28 de fevereiro a 3 de março, no Parque das Nações, em Lisboa, o que potenciará a exposição da Região perante o mercado nacional, o seu principal mercado emissor de turistas. Da participação açoriana nesta 34.ª edição da maior feira de turismo do país, são destaque a intervenção do Presidente do Governo dos Açores, José Manuel Bolieiro, a 28 de fevereiro, no CNN Portugal Summit “Portugal Tour”, que irá debater os principais desafios do turismo nacional, nomeadamente o facto de este ser um dos setores mais relevantes da economia e, ao mesmo tempo, se deparar com adversidades conjunturais internacionais. Já no dia 29 de fevereiro, a Secretária Regional do Turismo, Mobilidade e Infraestruturas, Berta Cabral, intervém no CNN Talks, no ‘stand’ dos Açores - a participação da governante está integrada no tema “Turismo dos Açores, perspetivas e desafios”. O ‘stand’ dos Açores, da responsabilidade conjunta da Visit Azores e da AMRAA – Associação de Municípios da Região Autónoma dos Açores, contará com a presença da própria Visit Azores, entidade responsável pela promoção turística externa da Região, e com a representação dos 19 municípios açorianos, para além de 29 empresas associadas da Visit Azores, que procurarão promover os seus produtos. A BTL 2024 promete uma oferta diversificada em expositores, setores e conteúdos, sempre com a missão de se afirmar como feira de referência no setor do turismo, a nível nacional e internacional. Serão apresentados mais de 1.500 expositores, mais de 85 destinos internacionais e mais de 400 eventos durante esta grande feira do turismo, com programas para toda a família, provas, gastronomia, apresentações, concertos e grandes promoções e ofertas exclusivas de férias. Durante os cinco dias da feira, os visitantes poderão participar em ‘workshops’ temáticos, assistir a apresentações sobre os países ou fazer provas gastronómicas. A BTL apresenta ainda mais ‘buyers’ internacionais, oriundos de 42 mercados. Este crescimento representa mais 50% relativamente à edição de 2023. Ao todo, serão mais de 200 ‘hosted buyers’ de diferentes latitudes na maior feira de turismo do país. Conhecida por acompanhar as tendências no mercado de inovação turística, diversidade e inclusão, a BTL vai apresentar, como habitualmente, uma vasta oferta ao nível da sua programação, que passa por várias áreas, desde a tecnologia à cultura. A BTL continua a ter o foco na qualidade, diversidade e valor. O espaço que pretende ser um ‘hub’ de conhecimento e partilha de ideias, conhecido como BTL Lab, também está de regresso e vai contar com a apresentação de ‘talks’ a nível tecnológico digital, ecológico e cultural. De referir que no Pavilhão 1 vão estar instaladas as sete entidades regionais, enquanto o Pavilhão 2 estará ocupado com comunidades intermunicipais, câmaras municipais e gastronomia. A sala 3 é dedicada aos setores dos serviços e alojamento. A área dos destinos internacionais e distribuição vai estar disponível no Pavilhão 4.
more
Formação
Nota de Imprensa
22 de Fevereiro 2024
Secretaria Regional da Agricultura promove cursos de tratadores de gado em transporte marítimo 
A Secretaria Regional da Agricultura e do Desenvolvimento Rural, através da Direção Regional da Agricultura, tem vindo a promover cursos de tratadores de gado em transporte marítimo, com o objetivo de capacitar os formandos de conhecimento técnico e normativos relativos ao Bem-Estar Animal durante o transporte de ruminantes e equinos em viagens marítimas de longa duração. A formação destina-se a tratadores que procedem ao acompanhamento de animais no decorrer do transporte marítimo de longa duração, designadamente, viagens com mais de oito horas, tendo já decorrido nas ilhas de São Miguel, com seis participantes, na Terceira com dez e no Pico igualmente com seis formandos.  Atualmente, estão a decorrer as inscrições para o curso em Santa Maria, que se realiza de 26 de fevereiro a 02 de março, sendo que este já conta até à data com 16 inscritos. Segundo o Secretário Regional da Agricultura e Desenvolvimento Rural, António Ventura, “esta é uma formação profissional pioneira no país, que evidencia a importância que este Governo Regional dos Açores atribui ao Bem-Estar Animal”.  “O transporte marítimo é de elevada importância para a Região Autónoma dos Açores, uma vez que é a única forma economicamente viável de movimentar animais entre ilhas e para fora do arquipélago, nomeadamente para a Madeira e Portugal continental”, frisa o Secretário Regional. “Anualmente, exportamos cerca de 9.000 animais vivos, sendo, por isso, o transporte marítimo destes animais muito importante para a economia regional”, acrescenta António Ventura.  O curso de tratadores de gado em transporte marítimo é organizado em colaboração com os Serviços de Desenvolvimento Agrário das diversas ilhas e visa aumentar a capacitação e a literacia destes operadores nesta área de intervenção. A formação é presencial e tem a duração de 22 horas, decorrendo em modo presencial, em horário laboral, das 9h30 às 16h30. As inscrições podem ser efetuadas por email para [email protected], ou pelo telefone 295 404 200.
more
Artigo sem Imagem
Nota de Imprensa
22 de Fevereiro 2024
Açores renovam galardão Quality Coast
A Secretaria Regional do Turismo, Mobilidade e Infraestruturas foi formalmente notificada da renovação do galardão Quality Coast, prémio internacional atribuído pela Green Destinations que distingue a qualidade ambiental costeira para um turismo sustentável. Nos critérios definidos pela Green Destinations, a Região obteve um nível de cumprimento de 97,3% dos indicadores de sustentabilidade em análise: Caraterísticas do Destino; Gestão do Destino; Natureza & Paisagem; Meio Ambiente & Clima; Cultura e & Tradição; Bem-estar Social; e Negócios & Comunicação. A distinção agora atribuída à Região Autónoma dos Açores valida a evolução positiva e consolidada do trabalho desenvolvido através das boas práticas de sustentabilidade, reforçando igualmente o posicionamento e a liderança dos Açores neste domínio. Os Açores foram distinguidos com este galardão pela primeira vez em 2014, voltando a integrar a lista dos destinos vencedores em várias edições subsequentes. A conquista de 2024 premeia o compromisso e o trabalho realizado na Região, consolidando a sua posição de destaque no desenvolvimento turístico sustentável a nível mundial. A Green Destinations, organização sem fins lucrativos para o desenvolvimento e reconhecimento de destinos sustentáveis com base na Holanda, apoia mais de 200 destinos em 60 países e tem como objetivo promover o turismo responsável com base em princípios globalmente reconhecidos e nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). O programa Quality Coast, desenvolvido pela Green Destination Award & Certification, desafia os destinos a fomentarem uma gestão responsável, sustentada numa base contínua e sustentável, com o propósito de estimular o setor turístico a adotar medidas ambientais relevantes. Nesse sentido, os destinos comprometem-se a integrar um sistema de gestão sustentável, sob auditoria externa de desempenho e progresso a cada dois anos, enquanto recebem sugestões de melhoria. Este galardão destina-se sobretudo para destinos à beira-mar, com especial atenção às margens, gestão de praias e qualidade das águas balneares. A cerimónia da entrega das distinções terá lugar no dia 6 de março de 2024, no evento da ITB Berlim 2024, uma das maiores feiras de viagens do mundo.
more
Aeroporto da Horta
Nota de Imprensa
20 de Fevereiro 2024
Governo dos Açores contesta junto do Secretário de Estado das Infraestruturas proposta da ANA/Vinci para o aeroporto da Horta
O Governo dos Açores endereçou uma carta ao Secretário de Estado das Infraestruturas, Frederico Francisco, manifestando a sua preocupação e desagrado face à proposta da ANA/Vinci para a utilização de parte da pista atual do aeroporto da Horta para proceder à implementação das RESA (runway end safety areas), e responsabilizando o governante pela correção da situação. O Governo dos Açores tem sido parte amplamente interessada e empenhadamente ativa em todo o processo conducente à ampliação da pista do aeroporto da Horta, registando com manifesta surpresa e apreensão esta intenção da ANA/Vinci. A efetivar-se, esta decisão da ANA/Vinci implicará a redução das distâncias declaradas da pista atual em 180 metros (90 metros em cada soleira da pista), inviabilizando a operação de aeronaves turboreator, como o Airbus A320 atualmente utilizado pela Azores Airlines para ligações entre a Horta e Lisboa. Esta situação penalizaria muito significativamente a conetividade e a mobilidade dos açorianos e afetaria o princípio da continuidade territorial, criando sérios constrangimentos às ligações diretas entre o território nacional continental e a ilha do Faial, numa clara contradição com os requisitos básicos relativos à exploração de serviços aéreos regulares de acordo com as obrigações de serviço público (já publicados em Jornal Oficial da União Europeia), que preveem ligações entre Lisboa e Horta e que pressupõem a utilização de aeronave turboreator. A implementação das RESA – que são áreas de segurança no final da pista e que visam utilização em emergências – é uma obrigação que decorre do Regulamento (EU) n.º 139/2014, existindo, há mais de 10 anos sem que a ANA/Vinci tenha procedido à sua execução, embora exista o compromisso de o fazer até final do corrente ano. Reconhecendo a importância do aeroporto da Horta para a mobilidade dos açorianos e a necessidade incrementar a sua capacidade operacional, o Governo dos Açores, dando o seu contributo, assinou em, em março de 2023, um contrato ARAAL, no montante de €800.000, com a Câmara Municipal da Horta visando a comparticipação financeira de 40% do custo de elaboração do projeto de execução de ampliação da pista. Por este motivo, o Governo dos Açores considera totalmente incompreensível que a ANA/Vinci pondere agora limitar a área útil de utilização da pista do aeroporto da Horta, quando já decorre o concurso público internacional para o projeto da sua ampliação e já é público que existem sete propostas para a respetiva elaboração. O Governo dos Açores exige que qualquer solução adotada para pista do aeroporto da Horta não inviabilize a sua futura ampliação nem produza qualquer efeito sobre a atual operacionalidade da mesma. O Governo dos Açores entende que, por todo o acima exposto, a solução que está a ser ponderada pela ANA/Vinci e que foi colocada à consideração da ANAC – Autoridade Nacional de Aviação Civil é inoportuna e altamente lesiva dos interesses regionais. Insta-se, por isso, a que a ANAC (enquanto entidade reguladora) não dê deferimento à mesma e sugere-se que sejam exploradas alternativas, como a formalização de um pedido de derrogação da implementação das RESA à Comissão Europeia até à conclusão da obra de ampliação da pista do aeroporto da Horta, tal com foi proposto na carta enviada pela Secretaria Regional do Turismo, Mobilidade e Infraestruturas ao Secretário de Estado das Infraestruturas.
more
Abertas candidaturas ao programa de apoio ao empreendedorismo, criatividade e talento jovem
Nota de Imprensa
20 de Fevereiro 2024
Abertas candidaturas ao programa de apoio ao empreendedorismo, criatividade e talento jovem
Estão abertas as candidaturas ao AECT – Programa de Apoio ao Empreendedorismo, Criatividade e Talento Jovem, promovido pela Secretaria Regional da Juventude, Qualificação Profissional e Emprego, através da Direção Regional da Juventude. As candidaturas devem ser formalizadas através do portal juventude.azores.gov.pt até ao dia 29 de fevereiro, para iniciativas START e REART, e até 31 de março, para projetos IMPACT. Para as medidas START e IMPACT são elegíveis ao apoio, após avaliação e validação, os projetos e iniciativas a desenvolver durante o segundo semestre de 2024, sendo que para a medida REART são elegíveis candidaturas de projetos a desenvolver entre 1 de abril e 30 novembro. A medida START apoia a concretização de pequenas iniciativas nas áreas do empreendedorismo e criatividade juvenil, que contribuam para o impulso inicial à criação e inovação jovem. A medida IMPACT visa impulsionar o desenvolvimento de iniciativas de alto potencial nas áreas criativas e de empreendedorismo jovem, que resultem em projetos com impacto na comunidade jovem e/ou com expectativa de sustentabilidade e perpetuidade. Através da medida REART são apoiadas as Residências Artísticas de Curta Duração. A duração máxima dos projetos varia dos 6 e os 12 meses e o financiamento é de 1.500 e 5.000 euros, para os projetos START e IMPACT, respetivamente. As Residências Artísticas de Curta Duração (REART) podem ser desenvolvidas entre três e cinco dias, com um apoio de 100 euros por dia, por participante. Podem promover projetos AECT jovens entre os 16 e os 30 anos, naturais ou residentes na Região Autónoma dos Açores; Grupos informais de jovens; Entidades sem fins lucrativos; Artesãos com estatuto reconhecido pelo Centro de Artesanato e Design dos Açores (no caso da medida REART) e Casas dos Açores com projetos de divulgação da identidade açoriana. O AECT integra ainda a medida FORMART para apoiar a formação em artes criativas, sendo que as candidaturas decorrem em período aberto também no Portal da Juventude dos Açores.
more