Bandeira dos Açores
Nota de Imprensa
12 de Abril 2024 Lista de Diretores Regionais nomeados pelo XIV Governo Regional dos Açores Presidência do Governo Regional Diretor Regional da Cooperação com o Poder Local - Octávio Manuel Melo Torres                                     Vice-Presidência do Governo Regional Diretor Regional dos Assuntos Europeus e Cooperação Externa - Carlos Eduardo Pacheco do Amaral                                                           Diretor Regional da Ciência, Inovação e Desenvolvimento - Flávio Gomes Borges Tiago Diretor Regional das Comunicações e da Transição Digital - Pedro Miguel Vasconcelos Raposo Medeiros Batista                                                            Secretaria Regional das Finanças, Planeamento e Administração Pública                           Diretor Regional do Orçamento e Tesouro - José António Gomes                                    Diretor Regional do Empreendedorismo e Competitividade - Bruno Filipe de Freitas Belo Diretor Regional do Planeamento e Fundos Estruturais - Nuno Alberto Lopes Melo Alves Diretor Regional da Organização, Planeamento e Emprego Público - Délio Francisco Freitas Ormonde Borges                                                   Secretaria Regional dos Assuntos Parlamentares e Comunidades              Diretor Regional das Comunidades - José Maria de Medeiros Andrade                            Secretaria Regional da Educação, Cultura e Desporto       Diretor Regional da Educação e Administração Educativa - Rui Miguel Mendes Espínola Diretora Regional da Cultura - Sandra Maria de Sousa Garcia Diretor Regional do Desporto - Luís Carlos Medeiros Couto de Sousa                                          Secretaria Regional da Saúde e Segurança Social                Diretor Regional da Saúde - Pedro Garcia Monteiro Paes                                                                 Diretor Regional de Prevenção e Combate às Dependências - Pedro Jorge Escórcio Fins Diretora Regional da Solidariedade Social - Andreia Tatiana Mendes Vasconcelos    Diretora Regional para a Promoção da Igualdade e Inclusão Social - Sandra Paula Gomes e Silva Secretaria Regional da Agricultura e Alimentação Diretor Regional dos Recursos Florestais e Ordenamento Territorial - Filipe Torres Tavares                  Secretaria Regional do Mar e das Pescas                   Diretor Regional de Políticas Marítimas - Rui Miguel Oliveira Martins               Diretora Regional das Pescas - Andreia Filipa Domingues Braga Henriques                                     Secretaria Regional do Turismo, Mobilidade e Infraestruturas       Diretora Regional da Energia - Joana Ferreira Rita                                                                              Diretor Regional das Obras Públicas - Pedro Miguel Fernandes Azevedo                                           Diretora Regional do Turismo - Rosa Maria Carreiro Machado Costa                             Secretaria Regional da Juventude, Habitação e Emprego                Diretor Regional da Juventude - Eládio João Medeiros Braga                                                          Diretor Regional da Habitação - Daniel Martins Pavão                                                                     Diretor Regional de Qualificação Profissional e Emprego - Renato Francisco Martins Lopes Almeida de Medeiros                                                                    Secretaria Regional do Ambiente e Ação Climática                           Diretora Regional do Ambiente e Ação Climática - Ana Cristina Pereira Rodrigues                                                                  A nomear oportunamente: Diretor Regional da Agricultura, Veterinária e Alimentação (Secretaria Regional da Agricultura e Alimentação)                                           Diretor Regional do Desenvolvimento Rural (Secretaria Regional da Agricultura e Alimentação) Diretor Regional da Mobilidade (Secretaria Regional do Turismo, Mobilidade e Infraestruturas)      
more
Conferência europeia “Desafios e potencialidades dos territórios rurais”
Nota de Imprensa
11 de Abril 2024 José Manuel Bolieiro lembra potencialidade de territórios rurais para a sustentabilidade O Presidente do Governo Regional dos Açores, José Manuel Bolieiro, assinalou hoje a potencialidade dos territórios rurais, nomeadamente os ligados à economia do vinho, na consistência de uma sustentabilidade “ambiental, económica e social”. “Aqui na Madalena temos este exemplo de como o improvável, fruto de uma atividade humana laboriosa a favor da sobrevivência e de uma geração de identidade, tornou possível esta referência icónica e distintiva, que confere uma narrativa à economia do vinho”, realçou o governante. José Manuel Bolieiro falava na Madalena do Pico, na conferência europeia “Desafios e potencialidades dos territórios rurais”, que por estes dias atravessa diversas ilhas dos Açores. “Gostaria de associar, com profunda convicção política e estratégica, estes desafios e potencialidades dos territórios rurais com a ideia do desenvolvimento sustentável, uma causa das Nações Unidas”, vincou também o Presidente do Governo. José Manuel Bolieiro valorizou ainda a evolução do prestígio e da qualidade dos vinhos dos Açores, em concreto do Pico, destacando ainda a “narrativa do valor da geografia, da ruralidade” e a “relação positiva com a natureza”. “Temos uma estratégia política de desenvolvimento dos Açores como destino turístico que passa pela sustentabilidade. Aqui no Pico, temos vinho único no mundo: o que se faz aqui não se pode fazer em mais lado nenhum”, concretizou. A conferência europeia junta nos Açores representantes de algumas das mais importantes associações do setor vitivinícola e enoturístico da Europa, promovendo uma reflexão sobre as potencialidades e desafios que se colocam aos territórios rurais. Estão a marcar presença neste encontro oradores e participantes oriundos de Portugal, Espanha, França, Itália e Grécia.
camera detail
more
Bandeira da Europa
Nota de Imprensa
11 de Abril 2024 Regiões ultraperiféricas precisam de Política de Coesão reforçada, defende Artur Lima O Vice-Presidente do Governo Regional dos Açores, Artur Lima afirmou hoje, em Bruxelas, que a Região deve “acompanhar de perto a definição da Política de Coesão do futuro”, defendendo que esta “seja flexível e reforçada para atender à realidade geográfica, económica e social das regiões ultraperiféricas”. “As políticas europeias de coesão têm contribuído para o processo de desenvolvimento e de mudança nas regiões ultraperiféricas, mas face aos desafios que persistem estas têm de ser ainda mais reforçadas e robustecidas”, salientou. Artur Lima falava hoje, em Bruxelas, à margem do 9.º Fórum Europeu da Coesão, promovido pela Comissão Europeia e que decorre até amanhã. “Quando se discute a Política de Coesão pós-2027, temos de unir esforços para reivindicar aquilo que é justo para os Açores e apelar por maior sensibilidade das instituições europeias para aqueles que são os assuntos essenciais ao nosso desenvolvimento”, recordou. Assuntos como as alterações demográficas, transportes, transição digital e energética ou saúde merecem, de acordo com Artur Lima, “atenção especial” porque “condicionam especialmente estas regiões marcadas pela ultraperiferia”. Reconhecendo que os “Açores enfrentam uma combinação de condicionalismos estruturais”, o Vice-Presidente do Governo frisou que a “coesão social e territorial só será assegurada plenamente com uma compreensão adequada dos organismos europeus sobre o peso desses condicionalismos na vida dos açorianos”. Apesar dos “momentos de incerteza que a Europa atravessa” e que implicará, provavelmente, um “aumento do investimento na política de Defesa”, Artur Lima esclareceu que “tal não deverá ocorrer em prejuízo dos instrumentos de apoio à coesão”. Durante o dia de hoje, Artur Lima, acompanhado pelo Diretor Regional dos Assuntos Europeus e Cooperação Externa, Carlos Amaral, teve a oportunidade de se reunir com o Representante Permanente de Portugal junto da União Europeia (REPER), embaixador Pedro Lourtie, e com o Conselheiro Técnico da REPER Paulo do Nascimento Cabral.
camera detail
more
Produtos Marca Açores
Nota de Imprensa
12 de Abril 2024 Marca Açores marca presença na SAGAL 2024 com a participação de 28 empresas açorianas O Governo dos Açores, através do Gabinete de Gestão e Promoção da Marca Açores, participa, pelo segundo ano consecutivo, na SAGAL 2024 – Feira de Exportação dos Sabores de Portugal, que se realiza na Feira Internacional de Lisboa (FIL) entre 15 e 17 de abril. Este ano, no espaço da Região estarão presentes 28 empresas de várias ilhas e de diferentes setores de produção alimentar. Este evento, no qual os Açores participaram no ano passado com 24 empresas açorianas com excelentes resultados apurados e potenciadores de nova participação, caracteriza-se como um dos maiores encontros anuais de empresas e empresários líderes na exportação, possibilitando o encontro com importantes importadores da indústria alimentar dos cinco continentes. Para este ano, estima-se a participação de mais de 350 expositores e cerca de 1.100 compradores de mais de 90 países, dos quais se destacam os países da Europa, Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP), EUA, Canadá, China, Hong Kong, Macau, Japão, Singapura e mercados árabes. A SAGAL 2024 é uma iniciativa direcionada exclusivamente à exportação e concretização de negócios, constituindo-se, por essa via, como um importante instrumento na fidelização e acesso a novos mercados, assim como na incrementação da presença das empresas regionais participantes no mercado internacional. A presença da Região neste certame conta com a participação direta das empresas Açoresmel, Azorfisk, AzorGhee, Boa Fruta, Casa do Portinho, Celeiro da Terra, Chá Gorreana, Conseran, Cooperativa Vitivinícola da Ilha do Pico, Estufaçor, Fábrica de Licores Mulher de Capote, Fortunna Azores, Frutercoop – Cooperativa de Hortofruticultores da ilha Terceira, Insulac, Lactaçores, Leite Montanha, Lima&Quental, Lurdes Narciso, Milhafre dos Açores, Moaçor, MPD – Bensaude Distribuição, Pauferr, Prolacto – Lacticínios de São Miguel, Quinta das Três Cruzes, Quintal dos Açores, Sociedade Conserveira Açoriana, Sociedade Corretora e Yoçor.   Atualmente, num universo de cerca de 300 empresas, existem mais de 6.200 selos Marca Açores, sendo 95% referentes a produtos alimentares, o que corresponde a um contínuo e reforçado investimento neste importante setor, permitindo, deste modo, contribuir para um maior conhecimento do melhor que se produz nas nossas ilhas, aumentando, subsequentemente, as exportações da Região Autónoma.
more
Declarações aos OCS
Nota de Imprensa
12 de Abril 2024 Presidente do Governo participa na conferência internacional Our Ocean, dedicada à proteção do oceano O Presidente do Governo Regional dos Açores, José Manuel Bolieiro, irá participar, a convite do Governo da Grécia, na conferência internacional Our Ocean 2024, em Atenas, que decorre entre 15 e 17 de abril. Este ano, a Grécia irá acolher a 9.ª “Our Ocean Conference”, onde serão abordados alguns desafios-chave relacionados com o oceano, como a perda de biodiversidade, as alterações climáticas, a pesca insustentável, a poluição marinha e o transporte marítimo insustentável. Neste âmbito, a conferência irá focar-se em seis áreas de ação: Áreas Marinhas Protegidas, Economia Azul, Relação Oceano-Clima, Segurança Marítima, Pescas Sustentáveis e Poluição Marinha. Dado o seu exemplo de liderança em matéria de proteção do oceano, nomeadamente no âmbito do Programa Blue Azores, José Manuel Bolieiro foi convidado a integrar o evento. A Our Ocean Conference foi lançada pela primeira vez sob a iniciativa do Departamento de Estado dos EUA e do Secretário de Estado John Kerry em 2014, com o objetivo de preencher a lacuna, então existente, na governação global dos oceanos. Desde o seu lançamento, este evento tornou-se gradualmente num fórum abrangente de diálogo que reúne governos, organizações intergovernamentais, universidades, sector privado e ONG que partilham uma visão comum para a proteção dos oceanos e tomam medidas para apoiar esta visão. A conferência proporciona uma oportunidade para os líderes e partes interessadas discutirem e identificarem os desafios que o oceano enfrenta e demonstrarem liderança na sua conservação, assumindo compromissos políticos, científicos, financeiros, de parceria e de colaboração que nos colocarão no caminho para um futuro sustentável. Paralelamente à conferência, o Presidente do Governo irá participar no evento Blue Prosperity Leaders Forum, no dia 15 de abril, a convite do Instituto Waitt, parceiro do programa Blue Azores. Neste fórum pretende-se abordar os exemplos de liderança que estão a incentivar a implementação de Áreas Marinhas Protegidas e a gestão sustentável do oceano. A Blue Prosperity Coalition junta ONG, instituições académicas, fundações e outras organizações por forma a trabalharem em conjunto com governos, empenhados no desenvolvimento e implementação de planos espaciais marinhos sustentáveis, com o objetivo de proteger o ambiente e, ao mesmo tempo, melhorar a economia. Liderado pela Presidência do Governo, com o apoio da Fundação Oceano Azul e do Instituto Waitt, o programa Blue Azores visa proteger, promover e valorizar o capital natural do mar dos Açores, contando com o envolvimento da Universidade dos Açores e de inúmeros parceiros regionais e internacionais. O programa tem como um dos principais objetivos a proteção de 30% do mar dos Açores, através da revisão da Rede de Áreas Marinhas Protegidas dos Açores, cumprindo as metas definidas no Quadro Mundial de Biodiversidade Kunming-Montreal, na Estratégia Europeia para a Biodiversidade 2030, e na Estratégia Nacional para o Mar 2030.
more

HomeMapPortlet