12 de Novembro 2022 - Publicado há 77 dias, 23 horas
Berta Cabral identifica qualidade e mitigação da sazonalidade como prioridades para o turismo nos Açores
location Vila do Porto

Secretaria Regional do Turismo, Mobilidade e Infraestruturas

A Secretária Regional de Turismo, Mobilidade e Infraestruturas, Berta Cabral, defendeu, esta sexta-feira, em Vila do Porto, Santa Maria, que a qualidade da oferta e a mitigação da sazonalidade são prioridades estratégias para o turismo em toda a região.

Berta Cabral falava na sessão de abertura do Encontro Regional de Turismo dos Açores, iniciativa da Secretaria Regional que tutela, através da Direção Regional do Turismo, e que decorre até hoje, reunindo mais de 160 participantes.

Este ano, referiu, “os Açores vão superar o número de hóspedes e dormidas de 2019, mas vão, sobretudo, bater o recorde de proveitos gerados pelo setor”.

“Este é um marco que importa deixar bem vincado e sublinhado. A região está a crescer, a desenvolver-se e afirmar-se como um destino de valor acrescentado, onde se reconhece qualidade e se gera riqueza”, disse.

Porém, adiantou, “é preciso garantir que quem visita os Açores testemunhe a qualidade em todas as atividades económicas da cadeia de valor do turismo em todo o território”.

No seu entender, a qualidade, além da promoção externa, “contribui para atenuar a sazonalidade e criar um maior equilíbrio na procura ao longo do ano”, alertando que a mitigação da sazonalidade “é o maior desafio e uma das prioridades” e apelando a que “a iniciativa privada também se mobilize nessa missão”.

A Secretária Regional destacou várias iniciativas que estão a ser trabalhadas para este fim, incluindo a majoração de apoios financeiros à realização de eventos em época baixa, a realização de eventos-âncora descentralizados, a estruturação das Rotas Açores, o apoio a eventos desportivos de natureza e aventura, e o investimento qualificante nos recursos termais e na estruturação de redes integradas de atividades de natureza e aventura.

Para além disso, importa lembrar a captação de eventos de grande dimensão para épocas de menor procura, como o congresso da APAVT, que se realiza em dezembro em Ponta Delgada – “uma oportunidade de ouro para alavancar a projeção dos Açores no mercado nacional”.

Berta Cabral anunciou, ainda, em primeira mão, a realização da Bienal Ibérica de Património Cultural em Angra do Heroísmo, em outubro de 2023.

Os Açores são o único arquipélago no mundo certificado como “Destino Sustentável”; são o “Melhor Destino de Turismo de Aventura da Europa” (World Travel Awards); são um caso de estudo na União Europeia em matéria de sustentabilidade; são referenciados pela National Geographic Traveller como um dos Melhores Destinos do Mundo; e foram identificados, esta semana na WTM, por profissionais de turismo internacionais como o destino com maior potencial de crescimento.

Estes são reconhecimentos que Berta Cabral considera trazerem “a legitimidade e a confiança para afirmar a região como um destino único, de eleição e autenticidade” e manter “o desenvolvimento e posicionamento como destino de excelência, sustentável e próspero”.

Não obstante, a governante alertou para os novos e grandes desafios que se adivinham para 2023, que vão colocar à prova o setor e exigirão de todos “a arte e o engenho para os superar”.

“A pressão inflacionista, a crise energética, a guerra na Ucrânia, as disrupções em cadeias de abastecimento, alguns resquícios da pandemia, mas também a falta de mão-de-obra trazem motivos para estarmos atentos e sermos diligentes na atuação”, vincou.

“É com essa determinação que encaramos 2023, perspetivando que será um ano de grande importância para o futuro do turismo nos Açores”, acrescentou Berta Cabral, referindo, a este propósito, a revisão do PEMTA e o processo de certificação para obtenção do nível de Ouro em 2024.

A Secretária Regional, reconheceu, ainda, a importância da realização do Encontro Regional de Turismo 2022, a primeira edição após a pandemia de covid-19, e recordou que este evento foi idealizado especialmente para os profissionais de turismo dos Açores, criando a oportunidade e o ambiente certos para partilha de conhecimentos e ideias.

© Governo dos Açores | Foto: MM

Partilhar