26 de Outubro 2022 - Publicado há 407 dias, 10 horas e 2 minutos
Governo dos Açores assina memorando de entendimento para criação de rede de investigação das RUP
location Ponta Delgada

Subsecretário Regional da Presidência

O Governo dos Açores, através da Direção Regional dos Assuntos Europeus e Cooperação Externa, e o Centro de Estudos Humanísticos da Universidade dos Açores, assinam amanhã, quinta-feira, 27 de outubro, um memorando de entendimento tendo em vista a criação de uma Rede Interuniversitária de Investigação das Regiões Ultraperiféricas (RUP), a Rede RIU-RUP.

A assinatura do documento terá lugar no final de um encontro subordinado à temática “As RUP e a Europa: desafios, modelos e oportunidades”, que decorre durante o dia de amanhã na Caloura, ilha de São Miguel.

Este encontro, que é constituído por cinco painéis, reúne cerca de três dezenas de investigadores e académicos das RUP e outros interessados na matéria oriundos de outras universidades europeias.

A sessão de abertura contará com as intervenções de Carlos Amaral, Diretor Regional dos Assuntos Europeus e Cooperação Externa, Flávio Tiago, Diretor Regional da Ciência e Tecnologia e Artur Gil, em representação da Reitoria da Universidade dos Açores. Destaque ainda para a intervenção inaugural que será proferida por João Bosco Mota Amaral.

O memorando de entendimento para a criação da Rede RIU-RUP será assinado por representantes de universidades dos Açores, Madeira, Las Palmas de Gran Canaria, La Laguna (Canárias), Guiana francesa, Reunião, Antilhas, Coimbra, Verona (Itália), Siegen (Alemanha) e Lille (França).

A Rede RIU-RUP pretende ser uma rede de partilha e conhecimento científico ao nível universitário, assegurando o aprofundamento das melhores formas possíveis de cooperação nos mais variados domínios que se afigurem pertinentes para o desenvolvimento das RUP, incluindo a elaboração de projetos conjuntos de investigação ou outros, entre os signatários e as suas Academias, entre estas, e com as instituições da União Europeia, no âmbito desta Rede.

Por outro lado, pretende ainda assegurar a difusão dos resultados dos trabalhos científicos, de investigação ou outros, desenvolvidos nas suas próprias Academias, através desta rede, com a premissa de que cada signatário funcione como representante nas suas academias, divulgando a sua existência e as oportunidades de colaboração, fomentando a envolvência de mais investigadores e outros interessados no comprometimento dos objetivos da rede, que deverá reunir-se pelo menos uma vez por ano.

© Governo dos Açores

Partilhar