26 de Outubro 2022 - Publicado há 95 dias, 4 horas e 48 minutos
Ligação Lisboa-Ponta Delgada - São Luís do Maranhão representa mais uma oportunidade para o turismo dos Açores, diz Berta Cabral
location Ponta Delgada

Secretaria Regional do Turismo, Mobilidade e Infraestruturas

A Secretária Regional do Turismo, Mobilidade e Infraestruturas, Berta Cabral, recebeu na terça-feira, em Ponta Delgada, o Secretário-Adjunto de Turismo do Estado do Maranhão, Brasil, Hugo Veiga.

Durante o encontro, os dois governantes destacaram a importância da nova ligação aérea charter a realizar pela Azores Airlines, com a rota Lisboa-Ponta Delgada-São Luís do Maranhão, e Berta Cabral aproveitou a oportunidade para salientar que esta “vai permitir trabalhar de forma diferente o mercado do Brasil, visando um novo tipo de turistas”.

O voo inaugural será a 12 de dezembro e a viagem terá uma duração de seis horas.

Os voos charter, assegurados pela Azores Airlines, fazem parte de pacotes que podem ser adquiridos em agências de viagens.

Perante a trajetória de crescimento do turismo nos Açores e confirmando a viabilidade desta rota, o Secretário-Adjunto de Turismo do Estado do Maranhão referiu que a mesma poderá a passar a ser regular a partir de julho de 2023.

Berta Cabral recordou que 2022 foi um ano turístico “muito positivo”, uma vez que, na sua globalidade, os números estão a ultrapassar os registados em 2019, sobretudo no que diz respeito aos proveitos gerados.

“Mantêm-se ainda alguns desafios para o desenvolvimento do turismo nos Açores, nomeadamente a mitigação da sazonalidade”, referiu a governante, apontando a oportunidade de “estimular outros mercados emissores e segmentos de mercado, mas também desenvolver ações e iniciativas que diversifiquem a oferta na época baixa”.

A Secretária Regional defendeu que existem “boas perspetivas de crescimento” para o turismo nos Açores, mas também acrescenta que “este crescimento tem de ser sustentável e bom para quem vive” nas ilhas açorianas.

“A estratégia do Governo dos Açores é consolidar a notoriedade do nosso destino, a estruturação da oferta e dos nossos produtos, sem esquecer a sustentabilidade”, disse Berta Cabral, sublinhando o facto de a Região estar certificada como “Destino Sustentável”, com o nível II de prata, com o objetivo de alcançar a medalha de ouro em 2024.

© Governo dos Açores | Fotos: SRTMI

Partilhar