28 de Agosto 2022 - Publicado há 155 dias, 22 horas e 10 minutos
Faria e Castro sublinha importância dos Açores para Portugal e para a União Europeia 
location Ribeira Grande

Subsecretário Regional da Presidência

O Subsecretário Regional da Presidência, Pedro de Faria e Castro, reafirmou, na noite de sábado, na Ribeira Grande, a importância dos Açores para Portugal e para a União Europeia. 

“Que os jovens percebam a diversidade europeia, que nós somos Portugal, que somos uma forma de estar em Portugal e que os Açores dão uma grande dimensão ao país que potencia a sua própria capacidade de ter uma voz mais forte dentro da mesa dos 27” afirmou o governante, frisando que “os Açores são também Portugal”. 

Pedro de Faria e Castro, que falava aos jovens participantes da 5ª edição do Summer CEmp – Escola de Verão da Representação da Comissão Europeia em Portugal, que decorre até 3ª feira na ilha de São Miguel, sublinhou os constrangimentos de uma região com as características dos Açores “que necessita de recursos acrescidos para poder acompanhar e concretizar aquilo que se pretende, mas também ter a possibilidade de poder participar em igualdade de circunstâncias com outras regiões da UE".

“Os Açores estiveram sempre empenhados na ideia de Portugal fazer parte da União Europeia” declarou o Subsecretário Regional, que participava numa sessão dedicada à “Conferência sobre o Futuro da Europa nos Açores (COFOE), manifestando orgulho na participação ativa dos açorianos, naturais e residentes, no processo de construção europeia e nas várias iniciativas da  UE, como foi o caso da recente COFOE. 

“Se estamos neste ponto de desenvolvimento social, económico e cultural muito se deve à nossa integração europeia e é nessa perspetiva que devemos caminhar para o futuro e nesse futuro foi-nos dada também a oportunidade de participar na COFOE, à qual também quisemos dar o nosso contributo”, considerou o governante. 

O titular da pasta das Relações Externas recordou que na altura foi comunicado ao governo português e à Comissão Europeia que os Açores queriam dar o seu contributo, tendo sido realizadas uma série de reuniões sobre diversos temas, que contaram com mais de 500 participantes e mais de 100 contributos “naquilo que foi a participação dos Açores neste processo de discussão sobre o futuro da Europa”, disse ainda. 

© Governo dos Açores | Fotos: SSRP

Partilhar