22 de Janeiro 2022 - Publicado há 203 dias, 7 horas e 56 minutos
Governo dos Açores confiante nos indicadores do turismo para o ano de 2022
location Ponta Delgada

Secretaria Regional dos Transportes, Turismo e Energia

A Secretaria Regional dos Transportes, Turismo e Energia demonstra confiança na estratégia definida para o setor turístico, assinalando que a Região procurado a racionalidade e a maximização da eficiência dos investimentos na promoção do Destino Açores, e são de esperar bons indicadores no ano de 2022.

“Há, por um lado, atenção ao momento conjuntural, que exige uma postura de resposta imediata, enquanto, por outro lado, se implementa, de forma silenciosa e minuciosa, um trabalho estratégico de preparação estrutural já devidamente ajustado à nova realidade do mercado”, sublinha o Secretário Regional com a tutela, Mário Mota Borges

Este trabalho de base com vista ao desenvolvimento do setor do turismo “está devidamente alinhado com o rumo da União Europeia, cumprindo com os desígnios do Programa do XIII Governo da Região Autónoma dos Açores e respetivas Orientações de Médio Prazo”, prossegue o governante.

Em resposta às dificuldades imediatas, a atenção e ação teve especial incidência no mercado interno e de proximidade, e em resultado desse investimento os Açores são a região nacional com o maior crescimento no número de dormidas em 2021.

Importa recordar que em 2021 o Governo dos Açores atribuiu à Associação de Turismo dos Açores o maior apoio financeiro de sempre para a promoção do destino, com destaque para a segurança e sustentabilidade.

Este investimento já começou a dar os seus frutos: para além do aumento de fluxos turísticos, surgindo o interesse internacional de várias companhias aéreas com novas rotas para os Açores, como é o caso da British Airways, United Airlines e Transavia, que se juntam à Lufthansa, à Swiss (International Air Lines) e à Iberia, que iniciaram operações em 2021, para além da Azores Airlines, TAP e RyanAir. Os Açores terão, assim, uma diversidade inédita de companhias aéreas a operar na região, algumas delas estreantes e com a importância adicional da projeção externa conferida por companhias de bandeira. 

!A visão do turismo para o futuro está assente na consolidação da Região como um destino turístico sustentável de referência, visando o reforço da coesão social e territorial e um claro compromisso para com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU”, defende ainda Mário Mota Borges.

Destaca-se a obtenção em 2021 do segundo nível de Prata na certificação internacional como “Destino Turístico Sustentável”, de acordo com os padrões do Global Sustainable Tourism Council, que reforça esse posicionamento e liderança dos Açores em matéria de sustentabilidade turística.

Além do reconhecimento ao nível da Sustentabilidade, os Açores também foram distinguidos pelo segundo ano consecutivo como o Melhor Destino Turístico de Aventura da Europa, nos World Travel Awards, para além de serem distinguidos como “Coronavirus Safest Destination” pela European Best Destinations, em função do trabalho de excelência na gestão da segurança sanitária no setor.

No que se refere aos instrumentos de formulação estratégica do setor do Turismo, o Governo Regional já concluiu a revisão do Programa de Ordenamento Turístico da Região Autónoma dos Açores (POTRAA), que deverá ser apresentado no próximo mês de fevereiro a Conselho de Governo para posterior apreciação na Assembleia Legislativa Regional, e encontra-se a ultimar os procedimentos de revisão do Plano Estratégico e de Marketing do Turismo dos Açores (PEMTA), tendo em consideração o novo paradigma de funcionamento e de tendências do mercado pós pandemia.

Esta definição estratégica para o turismo está a ser devidamente articulada considerando a transição do período de programação plurianual da União Europeia, alinhando-se, ainda, com importantes iniciativas e documentos neste âmbito, incluindo o Acordo de Parceria Portugal 2030, o Transition Pathways e as indicações para a Agenda Europeia para o Turismo 2030/2050. 

Impõe-se referir que os instrumentos acima referidos serão determinantes para o futuro dos Açores, ao nível da regulamentação de um sector que se pretende em crescimento de valor, sustentável e, essencialmente, com orientações e regras claras e coerentes, passíveis de contribuir para a preservação e valorização da naturalidade de todo o território. 

A aposta em 2021 na implementação da bem-sucedida Tarifa Açores, será mantida em 2022 e inclusivamente estima-se um crescimento assinalável na procura.

Mantendo-se os encaminhamentos gratuitos para residentes, apostamos agora num sistema de ‘interline’, liderado pela SATA, a qual se mantém disponível para celebrar acordos com toda e qualquer companhia aérea que o pretenda, sendo prova disso os já firmados com a Azores Airlines, United Airlines e outras. 

“É convicção da Secretaria Regional dos Transportes, Turismo e Energia que, com o empenho de todas as forças vivas e com a dedicação de todos e de cada um, estão reunidas as condições para que o ano de 2022, seja de retoma e quem sabe até, de superação de todos os objetivos propostos”, concretiza o Secretário Regional Mário Mota Borges. 

© Governo dos Açores

Partilhar