30 de Julho 2021 - Publicado há 55 dias, 1 horas e 58 minutos
Susete Amaro assinou contrato para projeto “De Fenais a Fenais”
location Lisboa

Secretaria Regional da Cultura, da Ciência e Transição Digital

A Secretária Regional da Cultura, da Ciência e da Transição Digital do Governo dos Açores, Susete Amaro, assinou hoje, em Lisboa, o contrato de financiamento do projeto “De Fenais a Fenais – Cultura Matriz do Desenvolvimento Local”.

A cerimónia, que decorreu no Mosteiro dos Jerónimos, contou com a presença da Ministra da Cultura, e envolveu a Direção Geral do Património Cultural, operadora e gestora do programa “Cultura” do EEA Grants em Portugal.

O projeto engloba uma verba de 757.900,00€, resultante de uma candidatura submetida pelo Museu Carlos Machado, no âmbito da rubrica de desenvolvimento local a partir da salvaguarda e revitalização de património cultural costeiro.

Constitui objetivo essencial deste projeto a defesa do património e das artes como matriz do desenvolvimento local, construindo, na costa norte da ilha de São Miguel (dos Fenais da Luz aos Fenais da Ajuda), processos locais de identificação, defesa e salvaguarda do património costeiro, imaterial e material.

Através de metodologias de reabilitação e revitalização de imóveis classificados de interesse cultural, de animação territorial, de promoção da criatividade cultural e artística, da ciência e de inovação digital, “De Fenais a Fenais” procurará encontrar novos caminhos de desenvolvimento com significado cultural, valor cientifico, importância económica, alcance ambiental, expressão de vida saudável e impacto social na melhoria das condições de bem-estar global das populações e na criação de uma competitividade territorial diferenciada na procura da coesão social e territorial.

O projeto “De Fenais a Fenais” será implementado e desenvolvido entre 2021 e 2024, num espaço geográfico considerado pelo Governo dos Açores como de intervenção prioritária no combate à pobreza e exclusão social, abrangendo as freguesias de Fenais da Luz, Rabo de Peixe, Maia e Fenais da Ajuda, na ilha de São Miguel.

Trata-se de uma zona com características demográficas, sociais, culturais, económicas e ambientais predominantemente rurais e costeiras, estando envolvidas diretamente nas suas ações cerca de 800 pessoas e indiretamente 6.500 de diferentes grupos etários.

© Governo dos Açores | Fotos: SRCCTD

Partilhar