8 de Julho 2024 - Publicado há 15 dias, 4 horas e 10 minutos
Secretaria Regional do Ambiente e Ação Climática promove formação em Suporte Avançado de Vida Pediátrico
location Angra do Heroísmo

Secretaria Regional do Ambiente e Ação Climática

O Secretário Regional do Ambiente e Ação Climática, Alonso Miguel, esteve presente hoje, em Angra do Heroísmo, na abertura do primeiro de três cursos de Suporte Avançado de Vida Pediátrico (SAVP), destacando a importância da aposta desta formação para profissionais de saúde que intervêm nas situações de paragem cardiorrespiratória em pediatria.

“Estamos a dar um sinal claro de uma aposta firme na evolução, inovação e melhoria contínua, bem como do nosso compromisso em apetrechar o sistema de proteção civil da região com profissionais de saúde mais preparados para responderem de maneira eficaz a emergências críticas, em particular, envolvendo crianças e bebés”, realçou.

Alonso Miguel, que tutela a pasta da Proteção Civil, explicou que, além desta formação “ser há muito revindicada pelos elementos de saúde, traduz uma necessidade de evoluirmos numa área de diferenciação tão sensível como o suporte avançado de vida pediátrico”.

Além desta formação, serão realizados mais dois cursos, um na Terceira e outro em São Miguel durante o mês de julho, destinando-se a enfermeiros que integram as equipas do Serviço de Suporte Imediato de Vida (SIV) de Angra do Heroísmo, Praia da Vitória, Faial, Pico, Ponta Delgada e Ribeira Grande, bem como a médicos pediatras e médicos reguladores do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA).

Após estas ações, que representam um investimento de 17 mil euros, o governante explicou que “será selecionado um conjunto de médicos e enfermeiros que, numa fase posterior, irão frequentar o curso de Instrutores de SAVP, com o objetivo de constituir uma equipa de formadores desta tipologia e certificar o SRPCBA como Centro da American Heart Association's (AHA) também nesta área, como já acontece com as vertentes de Suporte Avançado de Vida Cardiovascular e de Suporte Básico de Vida com DAE”.

Na ocasião, o Secretário Regional lembrou ainda o “investimento significativo” de cerca de 1.5 milhões de euros que o Governo dos Açores tem realizado na área da emergência médica pré-hospitalar nos últimos 4 anos, nomeadamente no aumento do número de Tripulantes de Ambulância de Socorro (TAS), na renovação de equipamentos e na realização de ações de formação, recordando ainda que, apenas no último semestre, na área de saúde, foram ministrados, pelo SRPCBA 22 cursos a 217 formandos.

Por outro lado, Alonso Miguel realçou que, além do investimento, a inovação de equipamentos é uma prioridade, tendo avançado que “está na fase final de implementação o sistema de triagem através de pulseiras em cenários multivítimas e que está ser testada uma plataforma de interação (designada de Good SAM) entre o médico regulador e a vítima ou prestador de socorro”.

© Governo dos Açores | Fotos: SRAAC

Partilhar