1 de Maio 2024 - Publicado há 50 dias, 2 horas e 27 minutos
Governo dos Açores distingue mérito das associações juvenis
location Ponta Delgada

Secretaria Regional da Juventude, Habitação e Emprego

A Secretária Regional da Juventude, Habitação e Emprego enalteceu esta terça-feira o trabalho, o mérito e o contributo das associações juvenis da Região para a “dinamização de causas, ideias e projetos essenciais para a construção de uma sociedade mais justa, mais inclusiva, mais coesa, mais sustentável, mais próspera e mais progressista”.

Maria João Carreiro falava na sessão comemorativa do Dia do Associativismo Jovem, no Coliseu Micaelense, em Ponta Delgada, promovida pela Direção Regional da Juventude e onde participou a Ministra da Juventude e Modernização, Margarida Balseiro Lopes.

O associativismo jovem é um “modo de vivência coletiva que interessa preservar e defender porque dela resulta a promoção do interesse comum”, em áreas como desenvolvimento comunitário, a ocupação e capacitação dos jovens, a criatividade e inovação, a solidariedade ou a educação e consciencialização ambiental, elencou.

A titular da pasta da Juventude defendeu que “não basta evocar essa importância” e que “é preciso que a governação pública esteja à altura dos interesses e expetativas dos jovens”, criando as condições materiais e financeiras para que as associações juvenis possam cumprir a sua missão.

Nesse sentido, Maria João Carreiro lembrou que foi a governação PSD/CDS/PPM que atualizou o diploma que enquadra a política de juventude na Região – que não era atualizado há uma década e meia, introduzindo melhorias nas regras do associativismo jovem e fixando mais direitos às associações juvenis e aos dirigentes associativos.

No mesmo sentido, no final do ano passado foi criado um sistema de incentivos ao desenvolvimento da atividade associativa jovem que é agora “mais flexível, mais justo e mais favorável” às associações jovens, no que respeita a montante de apoios, a despesas elegíveis ou à duração dos projetos, lembrou a Secretária Regional.

Estão inscritas no Registo Açoriano de Associações Juvenis 21 associações, mais sete do que em 2021. O número de projetos apresentados pelas associações aumentou de 101 em 2019 para 131 este ano. Também o financiamento público às atividades das associações aumentou de 86 mil euros em 2019 para 130 mil euros este ano.

“Estes são efeitos mensuráveis de uma governação de proximidade e dialogante que vamos dar continuidade para bem dos jovens açorianos”, garantiu Maria João Carreiro. 

Foram distinguidas com o diploma de reconhecimento associativo as seguintes associações:

Arcádia – Associação Juvenil;

Associação de Escuteiros de Portugal (AEP) – Região Oriental;

Associação de Guias de Portugal – Região Açores;

Solidariedar’Art – Associação de Educação e Integração pela Arte e Desenvolvimento Cultural, Social e Local;

PAA – Premissa Açores Associação;

Associação de Jovens Unidos da Ribeira Seca;

Associação UnoJovens de Ponta Garça;

Associação Dinamizadora de Santa Bárbara; Associação Juvenil da ilha de Santa Maria;

Corpo Nacional de Escutas – Região Açores;

Clube de Ténis da Ilha Terceira;

ICHTUS – Associação de Juventude do Porto Judeu;

Alternativa – Associação Contra as Dependências;

Associação de Artes Circenses dos Açores – 9’Circos

Casa do Povo de Santa Bárbara da ilha Terceira

ALERTA

Silêncio Sonoro Associação Cultural

Associação de Juventude Aprender a Viver

© Governo dos Açores | Fotos: JF

Partilhar