15 de Dezembro 2023 - Publicado há 126 dias, 13 horas e 30 minutos
Crescimento de indicador de dormidas nos Açores representa “justo reconhecimento” do trabalho do Governo no campo do turismo
location Ponta Delgada

Presidência do Governo Regional

O Presidente do Governo Regional dos Açores, José Manuel Bolieiro, sublinha que o crescimento do número de dormidas nos Açores é um importante indicador daquela deve ser entendido como “um justo reconhecimento das medidas adotadas por este Governo, garantindo a notoriedade e a sustentabilidade do destino”.

“Somos cada vez mais uma referência no turismo de qualidade”, defendeu o governante, lembrando que os Açores foram a primeira região arquipelágica do mundo com a certificação de “Destino Turístico Sustentável”, e acabaram de garantir o Nível IV de Prata, trilhando agora o caminho rumo ao Ouro.

Segundo o Serviço Regional de Estatística dos Açores (SREA), nos Açores, no mês de outubro, no conjunto da hotelaria, alojamento local e turismo no espaço rural registaram-se 322,3 mil dormidas, representando um acréscimo homólogo de 5%.

O mercado nacional garantiu 122,5 mil dormidas (38% do total), correspondendo a um decréscimo de 3,4%, face ao mesmo mês do ano anterior, enquanto as dormidas dos mercados externos foram 199,8 mil (62,0% do total), registando-se um aumento, em termos homólogos, de 10,9.

Relativamente ao número de hóspedes, este foi de 101 mil, apresentando uma taxa de variação homóloga positiva de 5,4%.

Considerando o conjunto dos estabelecimentos de alojamento turístico, a hotelaria concentrou 60,8% da totalidade de dormidas (196,0 mil de dormidas), seguindo-se o alojamento local com 35,7% (115,1 mil dormidas) e o turismo no espaço rural com 3,5% (11,2 mil dormidas).

Analisando os mercados externos, a Alemanha destaca-se como principal mercado emissor com 46,1 mil dormidas (23,1% do subtotal de dormidas de residentes no estrangeiro) e um crescimento homólogo de 9,6%, seguindo-se os Estados Unidos da América, com 33,7 mil dormidas (16,9% do subtotal) e um crescimento de 37,1%, e a Espanha, com 21,4 mil dormidas (10,7% do subtotal) e um crescimento igualmente significativo de 48,4%.

Os proveitos totais, no mês de outubro, registaram uma variação positiva de 20,8% e os proveitos de aposento uma variação, igualmente positiva, de 22,4% relativamente ao mesmo mês do ano anterior.

No período acumulado de janeiro a outubro, o total de dormidas foi superior a 3,4 milhões, representando um acréscimo face ao período homólogo de 15,9%.

© Governo dos Açores | Fotos: MM

Partilhar