18 de Novembro 2023 - Publicado há 188 dias e 30 minutos
Governo dos Açores garante mais três milhões de euros em equipamentos no aniversário do Hospital de Ponta Delgada
location Ponta Delgada

Secretaria Regional da Saúde e Desporto

A Secretária Regional da Saúde e Desporto, Mónica Seidi participou, na sexta-feira, na sessão que assinalou os 24 anos do Hospital do Divino Espírito Santo (HDES), em Ponta Delgada.

A governante referiu que, sendo o dia um momento “de festa”, o Governo dos Açores quis presenciar a instituição com “boas notícias”.

“Ainda esta semana vimos a notícia sobre a remodelação e ampliação do recobro cirúrgico deste hospital, um investimento do Governo Regional superior a 3 milhões de euros”, lembrou.

Mónica Seidi aludiu ainda ao “piso fantasma”, referindo-se ao quinto piso do edifício, que só agora irá ser terminado e permitirá aumentar a área da consulta externa, e alocar num único espaço físico a unidade funcional dedicada à mama.

“Tal acontece só agora porque temos finalmente um Executivo que não tem receio de fazer as correções necessárias”, sustentou.

A governante relembrou ainda a recente visita, acompanhando a Estrutura de Missão Recuperar Portugal, onde foi constatada a instalação de novos equipamentos, equipamentos de última geração ao dispor da população.

“Até ao momento, já investimos cerca de três milhões de euros em mais de 50 equipamentos neste hospital, muito mais que os 1,8 milhões investidos na legislatura anterior”, referiu.

E prosseguiu: “Para 2024, temos uma verba muito significativa, com o recurso ao PRR e Açores 2030. Pretendemos investir mais três milhões de euros em equipamentos, dotando os serviços de mais e melhores capacidades, desde um novo TAC de 64 cortes, a desfibrilhadores e monitores de sinais vitais, assim como um novo sistema de litotrícia, ecoendoscopia e broncofibroscopia, entre outros”.

Mónica Seidi aproveitou ainda a oportunidade de reconhecer e agradecer todo o trabalho diário dos profissionais do Serviço Regional de Saúde, relembrando que este Governo Regional apostou “desde sempre, sem hesitar, na valorização das carreiras e nas pessoas”, desde enfermeiros, técnicos de diagnóstico, médicos e até mesmo carreiras gerais.

“Este processo continuará com a integração dos 536 profissionais de saúde com contrato covid-19”, concretizou.

© Governo dos Açores | Fotos: MM

Partilhar