9 de Agosto 2023 - Publicado há 289 dias, 8 horas e 6 minutos
I Fórum de Renovação da Carta Europeia de Turismo Sustentável (CETS) das Terras do Priolo de 2023
location Ponta Delgada

Secretaria Regional do Ambiente e Ação Climática

A Secretaria Regional do Ambiente e Alterações Climáticas realizou, no passado dia 25 de julho, o I Fórum de Renovação da Carta Europeia de Turismo Sustentável (CETS) das Terras do Priolo de 2023, no Centro Municipal de Atividades Culturais, na Vila de Nordeste, na ilha de São Miguel.

Segundo o Secretário Regional do Ambiente e Alterações Climáticas, Alonso Miguel, “este Fórum visou avaliar os resultados atingidos durante os últimos anos da aplicação do Plano de Ação da Carta Europeia de Turismo Sustentável e preparar a estratégia de atuação para os próximos cinco anos”.

“As Terras do Priolo, situadas nos concelhos de Nordeste e Povoação, na ilha de São Miguel, detêm o galardão da Carta Europeia de Turismo Sustentável (CETS) desde 2012 e têm vindo a aplicar o Plano de Ação para o Turismo Sustentável nas Terras do Priolo (2017-2021), constituído por 85 ações relacionadas com diferentes âmbitos do desenvolvimento turístico sustentável desse território”, referiu o responsável pela pasta do Ambiente.

Alonso Miguel sublinhou que “após um interregno devido à pandemia, o Gabinete da Carta Europeia de Turismo Sustentável nas Terras do Priolo foi restruturado, sendo agora constituído por elementos da Secretaria Regional do Ambiente e Alterações Climáticas, incluindo elementos dos Serviços de Ambiente de Ilha de São Miguel, da Divisão de Áreas Classificadas da Direção Regional do Ambiente e Alterações Climáticas e do projeto LIFE IP AZORES NATURA”.

“Foi já renovado o compromisso das entidades que compõem a Equipa Técnica Local, que são as entidades parceiras deste projeto, nomeadamente, a Direção Regional do Turismo, a Direção Regional dos Recursos Florestais, a Câmara Municipal de Nordeste, a Câmara Municipal de Povoação, a Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves, a Associação Geoparque Açores e o Observatório Microbiano dos Açores”, explicou.

O governante acrescentou que “este primeiro Fórum constituiu o primeiro passo para a renovação deste galardão, onde foram apresentados os resultados do trabalho realizado, feita a reflexão sobre os mesmos, e onde se deu início à recolha de contributos para se definir a estratégia dos próximos 5 anos”.

Alonso Miguel referiu, ainda, que “o Segundo Fórum está já agendado para dia 2 de outubro, a decorrer no Auditório Municipal da Povoação, cujo foco será a preparação do Plano de Ação para os próximos 5 anos, e que o processo será concluído num terceiro Fórum no final do ano”.

Relativamente a estes Fóruns, destaca-se o formato aberto à participação pública, em que as empresas, associações, entidades locais e cidadãos tiveram a oportunidade de participar e contribuir, uma vez que, pelas palavras do Secretário Regional, “este é um processo que se pretende dinâmico e participativo”.

© Governo dos Açores | Fotos: SRAAC

Partilhar